redes sociais

Uma breve história sobre a evolução das redes sociais

O conceito de redes sociais é muito mais antigo que a própria internet, elas surgiram no início das civilizações quando o homem se viu necessitado em compartilhar gostos, interesses e criar vínculos sociais. Mas seu surgimento em ambientes online é muito mais recente. 

Com a criação da internet por Tim Berners-Lee, as pessoas passaram a se comunicar de maneira mais rápida, inicialmente pelo e-mail e a partir daí as redes sociais passaram a existir também em ambientes digitais.

A rede social online mais antiga, a Classmates.com, foi criada em 1965. Ela tinha o propósito de reunir grupos de pessoas que se conheciam desde a escola, mas foi no fim da década de 1990, quando a internet começou a ganhar espaço na sociedade, que as redes sociais se popularizaram. Inicialmente, na rede 1.0, vieram os comunicadores instantâneos, como o mIRC, MSN e ICQ, que permitiam que os usuários se comunicassem em tempo real e criassem grupos de interesse comum. 

O boom das redes sociais

O boom das redes sociais foi em 2004 com a chegada da Web 2.0, onde os usuários passaram a utilizar a internet de forma mais interativa, podendo compartilhar arquivos, fotos e fazer marketing pessoal.

A partir daí surgiu o Orkut, que tornou-se uma febre, onde inicialmente era necessário ter um convite para poder participar. Depois dele veio o Facebook, que marca o início da era das redes 3.0. Esse novo período é caracterizado pela integração com outras redes, sejam de comunicadores, sociais ou de jogos. Ele foi criado inicialmente apenas para alunos da universidade de Harvard, que com o passar do tempo se expandiu para outras universidades e para o mundo, sendo hoje uma das principais redes do mundo. 

Em 2006, surgiu o Twitter, considerada a rede social mais inovadora de todas, ela passou alguns anos no anonimato, mas aos poucos foi ganhando seu espaço e se tornando uma das principais redes sociais do mundo. 

Hoje temos diversas redes sociais com diversas finalidades, Tik Tok, Instagram, Pinterest, Youtube, dentre outras.

Sendo assim, notamos que há diferentes tipos de redes sociais: as de projetos colaborativos, como a Wikipédia; os blog e microblogs, como o twitter; as comunidades de conteúdo, como o YouTube; os sites de relacionamentos sociais, como o Facebook e Instagram; os mundos virtuais, como o World Of Warcraft, e Second Life, dentre outros.

Atualmente as redes sociais são utilizadas para vários propósitos, permitindo que empresas utilizem esse ambiente como um canal de comunicação direto com seus clientes, que pessoas encontrem outras pessoas, que se expressem ou que possam fazer seu marketing pessoal.

Elas deixam de ser vistas como algo passageiro e passam a desempenhar um papel fundamental como ferramenta de comunicação. Hoje o Brasil é o terceiro maior país do mundo em número de usuários ativos na internet, com 52,5 milhões de internautas, ficando atrás apenas de Estados Unidos e Japão, respectivamente. Os dados são do Net Insight, estudo sobre internet do IBOPE Media que foi realizado nos Estados Unidos, Japão, Brasil, Alemanha, França Itália, Espanha e Suíça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shopping Cart